Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on LinkedIn
Share on pinterest
Share on Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

The Racing Factory e Armindo Araújo voltam à liderança do CPR

  • Vitória categórica de Armindo Araújo no Rally Terras d’Aboboreira
  • Pedro Almeida abandonou após percalço no Shakedown
  • Rafael Botelho a bom nível na estreia em solo continental

Armindo Araújo venceu de forma exemplar o Rali Terras d’Aboboreira, sexta ronda do Campeonato de Portugal de Ralis, voltando a assumir a liderança do Campeonato de Portugal de Ralis. Uma vitória importante para o piloto e para a The Racing Factory que assim ficam mais perto do título, quando falta apenas realizar-se o Rally Casino do Algarve, agendado para os dias 14 e 15 de Novembro.

Armindo Araújo estava radiante com o regresso às vitórias no Campeonato de Portugal de Ralis e respetivo regresso à liderança do CPR: “Sabíamos que esta era uma prova decisiva, tínhamos que ganhar, o pensamento foi sempre dar o máximo, atacar muito nos troços grandes para fazer a diferença. Claro que vencer à geral é um duplo sabor, mas o nosso grande objetivo era a vitória entre os concorrentes do CPR. Vencemos e somámos pontos muito importantes que nos permitiram regressar à liderança do campeonato e agora tudo se decide no Algarve”, explicou.

No final da prova, Rafael Botelho mostrava-se muito satisfeito com a sua prestação e com o oitavo lugar a Geral. “Estou muito feliz!! A estreia em território continental correu muito bem, diverti-me e aprendi muito. Há que continuar a adaptação ao Skoda R5! Grande trabalho da The Racing Factory”, destacou.
Pedro Almeida já virou os seus objetivos para o Rally de La Nucía a contar para a Peugeot Rally Cup Iberica, depois dos problemas sentidos na Aboboreira: “Para nós é uma grande frustração, porque este seria o primeiro Rali de Terra com o Peugeot Rally4 e estávamos com boas expectativas para a prova, mas acima de tudo está a segurança e pareceu-nos não estarem reunidas essas condições, tendo em conta a repetição do problema, apesar do esforço incansável da equipa. Prosseguimos os nossos objetivos para a temporada já na próxima semana, em Espanha, no Rally de La Nucía”, explicou.

No final da prova, Justino Reis estava naturalmente muito contente depois da exibição de toda a equipa The Racing Factory no apoio aos pilotos “Provámos mais uma vez a competência de toda a equipa, ao dar aos nossos pilotos as melhores armas para lutar neste Rali Terras d’Aboboreira, exceção feita aos problemas sentidos pelo Pedro Almeida no Peugeot 208 Rally 4, que resultam da juventude do carro neste tipo de pisos de terra. A vitória do Armindo acaba por ser um prémio especial para todos, mas também há que destacar o bom andamento demonstrado pelo jovem Rafael Botelho. Este foi um fim-de-semana muito positivo para nós!”, disse.

Para além do Rally de La Nucía a contar para a Peugeot Rally Cup Iberica, a The Racing Factory marcará presença na Baja Portalegre 500 com Aloísio Monteiro, Pedro Ferreira e Diamantino Ferreira.

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on LinkedIn
Share on pinterest
Share on Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp